Operadores de Planos de Saúde

A pesquisa sobre os determinantes não sanitários da saúde destacou o papel
crítico dos fatores sociais e econômicos, que se situam fora das possibilidades
de controle individual e fora da esfera de intervenção do plano de saúde. As
intervenções sobre esses determinantes da saúde requerem coordenação
intersetorial, tanto em nível governamental quanto regional e local, o que se
traduz em estratégias compartilhadas para objetivos comuns.
A saúde, entendida como bem-estar físico, mental e social, não é mero produto
da administração de saúde e serviços conexos articulados no país. Pelo
contrário, deve representar um objetivo perseguido por todas as instituições que,
embora não tenham competência direta em saúde, exercem funções que podem
afetar a saúde da população.
O voluntariado representa um momento forte do novo pacto de solidariedade,
pela sua contribuição para a humanização do serviço e pelas exigências éticas
que traz. Com a sua presença, ajuda a dar voz às necessidades das pessoas
desfavorecidas e desempenha um papel importante na avaliação participativa da
qualidade dos cuidados
A proteção do direito do cidadão a serviços tempestivos e qualificados implica
que o poder público não apenas preste diretamente esses serviços, mas defina
os espaços em que os setores público e privado se desenvolvem. Os produtores
de bens e serviços de saúde (sem fins lucrativos e lucrativos) são elementos
importantes do panorama da saúde e, no âmbito de uma definição estratégica
de objetivos, são chamados a participar no projeto de proteção e promoção da
saúde. Allcross amil dental curitiba